Mechane – Homens, Máquinas e Grandes Pedras

“Mechane – Homens, Máquinas e Grandes Pedras” é a nova exposição temporária do Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra. A abrir ao público a 25 de janeiro de 2019, a exposição estará em Coimbra na sequência de uma parceria estabelecida entre o Exploratório e a Fundação Manuel António da Mota, a que se associaram a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC) e a Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.

Em resultado destas parcerias, “Mechane – Homens, Máquinas e Grandes Pedras”, que ocupará nos próximos meses o espaço de exposições temporárias do Exploratório, irá apresentar um núcleo expositivo no Museu PO.RO.S, em Condeixa-a-Nova, e duas máquinas em lugares centrais da FCTUC e do ISEC. O objetivo desta deslocalização é levar a outros públicos, nomeadamente o dos museus e estudantes do ensino superior, a possibilidade de conhecer a exposição e a atividade do Exploratório.

Egípcios, gregos, romanos. Todas as grandes civilizações legaram à humanidade grandes obras que ficaram para testemunhar a arte e o engenho dos antigos, que vem desde o neolítico. A exposição “Mechane – Homens, Máquinas e Grandes Pedras” dá a conhecer o artificio e a astúcia usados pelo homem ao longo dos séculos, desde os primeiros tempos à era pré-industrial, para ultrapassar os desafios colocados pelo transporte e montagem das grandes pedras utilizadas nas suas construções: dos dólmenes, menhires e outras construções megalíticas aos obeliscos egípcios, passando pelas grandes construções gregas e romanas que continuam a impressionar.

A exposição “Mechane – Homens, Máquinas e Grandes Pedras” é composta por 15 modelos de máquinas e oito dioramas, todos construídos como reproduções fiéis das máquinas e cenas de trabalho usadas em cada época retratada, o que ajuda a compreender a forma como tais proezas humanas foram alcançadas.

A inaugurar brevemente. Fique atento!